Blog

O que é GEMBA O que é GEMBA

O que é GEMBA

Entenda sua importância.

A tradução de GEMBA é “lugar real”, onde a ação da empresa acontece, como por exemplo o chão de fábrica em uma indústria ou um restaurante (lugar das refeições), ou seja, ir ao gemba significa ir até onde as coisas realmente acontecem e ver de fato o que está ocorrendo para pensar em uma solução para o problema, ou até mesmo para fazer uma auditoria do trabalho.

Existem gestores, que permitem que apareçam gargalos no processo, pois não conversam com quem trabalha efetivamente no Gemba e ignoraram as informações importantes sobre os assuntos que variam desde movimentação de materiais até o nível de qualidade do produto final.

Somente gastando tempo olhando como realmente funciona o processo, podemos observar: - As diferenças entre os procedimentos operacionais descritos e os realizados;
- Como o processo opera normalmente;
- Como o processo opera quando as coisas dão errado;
- Como os problemas são resolvidos;
- Quais os tipos de problema que ocorrem;
- Como o processo é gerenciado ou controlado; Pode-se destacar 5 passos para gestão do Gemba:

1° - Converse com o time envolvido;

É muito importe manter bons relacionamentos e estar próximo do seu time. A equipe por estar constantemente no ambiente, eles poderão identificar melhor as necessidades e as ideias. Todos da equipe devem estar engajados no processo e verdadeiramente alinhados com a proposta de melhoria contínua para otimizar os processos e impossibilitar dores de cabeça.

2° - Faça as perguntas certas;

As perguntas devem ser abertas. Procure questionar coisas simples com os famosos “o que”, “através do que”, “quando”, para conseguir informações mais amplas sobre o que acontece de verdade.

3° - Sempre vá até o gemba;

No Gemba, deve-se colocar os pés na massa. Ir diariamente até o Gemba, caminhar, observar e analisar. Essa tarefa exige um pouco do seu tempo, com isso você começará a reconhecer a forma com que os processos operam, como são gerenciados, quais tipos de problema ocorrem, entre outros diversos detalhes que passarão a ser facilmente reconhecidos.

4° - Verifique os gembutsu e adote soluções temporárias;

O gemba é o lugar onde o trabalho acontece e o genbutsu é a forma como ele realmente acontece, podemos usar as palavras “vá e veja”.
Em uma frase adotada pela Mercedes em sua fábrica de eixos: “Não basta ver, tem que enxergar”, esse é o real sentido do gembutsu, tem que enxergar.

Podemos ser surpreendidos por alguém que nos apontou um risco de segurança aparentemente de fácil visualização, mas, mesmo passando por ele diversas vezes, não fomos capazes de enxergá-lo; precisou “alguém”, com os outros olhos para o gembutsu, mostrar o problema.

Por isso na rotina, deve-se observar com olhos críticos uma atividade, seja ela envolvendo questões de segurança, processo, qualidade, 5 Ss, TPM ou qualquer outra. Se um problema precisa ser resolvido então é preciso levantar os fatos e dados e propor soluções.

5° - Encontre a causa raiz do problema;

Na análise de causa raiz, deve-se encontrar a principal causa do problema, e identificar as soluções adequadas. Para isso foram criados métodos e uma série de ferramentas de análise de causa raiz. Metodologias que tem como base o conceito de melhoria contínua. O processo de Análise de Causa Raiz pode ser definido, como:

  • Definir o problema;
  • Identificar as possíveis causas;
  • Verificar as reais causas;
  • Propor uma solução para o problema;
  • Implantar a solução;
  • Analisar os resultados. E você, tem visitado o Gemba

Deseja saber mais sobre outras ferramentas? Visite nosso blog

Contato - Rio de Janeiro

Contato - São Paulo

Siga-nos