Valuation

Por: Ramire Estarneck
Dia 29/01/2020 12h19

Entenda mais sobre o Valuation Business.

 

 

O que é o Valuation?


O Valuation é uma metodologia de avaliação técnica de uma empresa ou suas ações. Ele não indica qual o valor da empresa para o mercado para vende-la, e sim para os acionistas/sócios saberem quanto ela vale para eventuais transações entre eles ou simples medição.

3 Métodos de Avaliação:


1 - Múltiplos do Faturamento.
É uma avaliação baseada no faturamento bruto, tomando como base o valor das ações nos mercados internacionais, das empresas do mesmo ramo.


2 - Múltiplos do EBTDA.
É a mesma coisa, à partir do EBITDA.


3 - Fluxo de Caixa Descontado.
Projeta-se o valor do lucro e caixa que a empresa vai gerar e, assim, quanto ela vale.

 

Médias

Calcula-se o valor da empresa fazendo a média aritmética das três avaliações.


Fonte dos dados:
www.damodaran.com




E então, qual é o valor da Empresa?

R$ muitos milhões

US% muitos milhões.

O valor de negociação, como tudo o que se vende e compra, é o mercado que estabelece. O valor não é só quanto a empresa vale nos cálculos de Valuation, mas quanto ela valerá com o novo dono, qual a utilidade que ela terá nos negócios desse dono. O preço de venda pode ser calculado pelo Valuation, mas o valor da venda deve ser atribuído pelo coração, pela emoção. Não estamos vendendo ações. Estamos vendendo um negócio que vai durar a vida toda

 

Por quê sua empresa vale isso?


Em primeiro lugar, devemos ter muito forte em nossas crenças o quê sua empresa é realmente. Refletir com muita atenção e determinar qual é o papel da sua
empresa na sociedade e que tipo de serviço, apoio, assistência, suporte ela presta e que tipo riqueza, bens, conforto e bem estar ela cria. Uma empresa de informática, por exemplo, pode ser somente isso: uma empresa de informática, como pode também ser uma empresa de bem-estar, de tecnologia, de transporte, de refeições, etc.


Segunda crença: qual a importância do produto/serviço para seus clientes? Qual o impacto que a ausência da sua empresa provocaria no mercado? Como ele reagiria?


Terceira crença: quem são, realmente, seus clientes? Por quê eles consomem os produtos ou utilizam seus serviços ? Qual a real motivação? Qual a repetibilidade dessas contratações ou aquisições?

Quarta crença: Quanto que a empresa depende de alguns dos seus clientes. Qual a concentração seja por CNPJ, grupo econômico ou grupo social? Quinta crença: Qual é a regularidade dos clientes. Eles sempre voltam? Quanto? Quanto isso causa dependência deles ou vantagem competitiva?


E, por último, os números:
a) % de lucro bruto
b) % de Despesas Administrativas
c) % de Dívidas com Bancos e outros (fora fornecedores)
d) % de passivos trabalhistas e/ou tributários
e) Valor do Patrimônio Real - máquinas, veículos, imóveis
f) Situação Cadastral

 

Como é calculado?

1 - Múltipos de Faturamento.
Com base em empresas do mesmo ramo, apura-se o
multiplicador que será usado sobre o faturamento. Em
empresas de serviço esse cálculo distorce o valor da empresa.


2 - Múltiplos do EBITDA.
Neste multiplicador, o número é melhor, pois reflete a
sequência de lucros reais obtidos, embora não considere o
valor gerado para os acionistas.


3 - Método FCL - Fluxo de Caixa Livre, Descontado.
O FCL é utilizado com maior frequência pois ele retrata o
valor em $ gerado para os sócios. E é isso que um comprador,
geralmente quer - dinheiro de volta.

É muito comum a empresa dar lucro e o dinheiro não sobrar
no caixa: a administração direciona os lucros para compra de
equipamentos, máquinas, veículos; investimento em melhoria
de instalações ou até mesmo estoques de matéria prima ou
produtos acabados. 

O Valor de uma empresa (o técnico, atenção) é Média desses 3 valores, acrescido do valor dos bens e deduzido os ônus.

Veja também:

Confira mais artigos relacionados.

Cadastre-se na Solarplex e comece a mudar sua empresa de patamar hoje mesmo

A SolarConsult está há mais de 20 anos no mercado atuando em consultoria, auditoria e certificação.

A empresa desenvolveu uma metodologia de implementação do SGQ (Sistema de Gestão de Qualidade).

Este método requer apenas o melhor esforço da empresa, isto é, sua vontade de progredir e sendo assim, fizemos amigos em mais de 100 empresas do estado do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Nosso relacionamento com os clientes é totalmente direcionado para que seja longo e duplamente vantajoso.

Vamos conversar

Nossos Clientes

Certisign Enseg LCS Link MEGATHERM
Ortobom JR ELC UTSCH
Litografia Valença Tempo WEB Radar Target
SS White Stille D'Cinco CEMHS
Kolimar View AES Tornotec
Araújo Abreu ADKL Zeller Verzani